A Importância da Boa Nutrição

Porque é importante

A maioria das pessoas sabe que uma boa nutrição e atividades físicas podem ajudar a manter um peso saudável. Mas os benefícios de uma boa nutrição vão além do peso. Uma boa nutrição pode ajudar:

  • Reduza o risco de algumas doenças, incluindo doenças cardíacas, diabetes, derrame, alguns tipos de câncer e osteoporose
  • Reduza a pressão alta
  • Reduzir o colesterol alto
  • Melhore o seu bem-estar
  • Melhore sua capacidade de lutar contra doenças
  • Melhore a sua capacidade de recuperação de doenças ou lesões
  • Aumente seu nível de energia

O que é uma boa nutrição?

Uma boa nutrição significa que seu corpo obtém todos os nutrientes, vitaminas e minerais de que precisa para funcionar da melhor maneira. Planeje suas refeições e lanches para incluir alimentos ricos em nutrientes e com baixo teor calórico.

Dicas para comer bem

Coma muita fruta

Para obter o benefício das fibras naturais das frutas, você deve comer frutas inteiras, em vez de sucos.

Coma muitos vegetais

Coma uma variedade de cores e tipos de vegetais todos os dias.

Coma muitos grãos inteiros

Pelo menos metade dos cereais, pães, biscoitos e massas que você come deve ser feita de grãos inteiros.

Escolha leite com baixo teor de gordura ou sem gordura

Eles fornecem cálcio e vitamina D para ajudar a manter os ossos fortes.

Escolha carnes magras

Cortes magros de carne e frango têm menos gordura e menos calorias, mas ainda são boas fontes de proteína.

Experimente outras fontes de proteína

Tente substituir carnes e aves por peixe, feijão ou tofu.

Fonte: Reprodução: Pinterest

Como consertar 5 problemas alimentares comuns

Com a idade, você pode perder o interesse em comer e cozinhar. Pequenas mudanças podem ajudá-lo a superar alguns dos desafios para se alimentar bem.

1. A comida não tem mais gosto.

Experimente novas receitas ou adicione diferentes ervas e especiarias. Alguns medicamentos podem afetar o apetite ou o paladar – fale com o seu médico.

2. Dificuldade de mastigação.

Experimente alimentos mais macios, como vegetais cozidos, feijão, ovos, purê de maçã e frutas enlatadas. Fale com o seu médico ou dentista se houver algum problema com os dentes ou gengivas.

3. Má digestão.

Converse com seu médico ou nutricionista para descobrir quais alimentos evitar, mantendo uma dieta balanceada.

4. Comer sozinho.

Experimente jantar fora com a família, amigos ou vizinhos. Veja se o seu centro local para idosos oferece refeições em grupo.

5. Dificuldade em comprar ou cozinhar.

Verifique com o seu centro de idosos local os programas que podem ajudá-lo a fazer compras ou preparar refeições.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Nutri%C3%A7%C3%A3o