Descubra quem você realmente é com uma leitura do gráfico de nascimento

Suas motivações, seus desafios, suas emoções, o jeito que você ama … essas coisas NÃO são um acidente! Seu mapa astral, que é a localização específica dos planetas no momento em que você nasceu, teve um impacto muito significativo sobre você, ajudando a criar a pessoa em que você se tornou.

Nossa leitura de gráfico de nascimento indica onde os planetas estavam no exato momento em que você nasceu, desvendando o mistério por trás de seu propósito de vida, sua boa sorte, seus obstáculos pessoais e muito mais! Ao compreender o seu projeto cósmico único, você se arma com o conhecimento e o poder para guiar seu destino em qualquer direção que desejar.

Se você é novo na astrologia e tem perguntas como “O que é um mapa astral?” ou “O que meu mapa de nascimento significa?” ou você está simplesmente querendo uma análise mais aprofundada de seu mapa astral, continue lendo para aprender mais sobre o que está leitura de Astrologia vai lhe dizer sobre, bem, VOCÊ!

Seus Elementos: sua Terra, Ar, Fogo e Água

Os quatro elementos: fogo, terra, ar e água. São os blocos de construção fundamentais de seu mapa astral! Cada signo do zodíaco está associado a um dos elementos e todos os signos do mesmo elemento compartilham certas características básicas. Esta calculadora de gráfico de nascimento o ajudará a ver em quais elementos você é “forte”, bem como em quais elementos você é “fraco”.

Seu eu interior: seu signo solar e o Sol em seu mapa

Quando alguém pergunta: “Qual é o seu signo?” eles estão perguntando sobre o seu signo solar. Embora haja muito mais na Astrologia do que apenas o seu signo solar, o Sol é considerado a característica mais significativa do seu mapa astral. O signo e a casa do Sol mostram como você “faz brilhar sua luz” no mundo, sua vitalidade, criatividade e até mesmo seu trabalho.

Fonte: Reprodução: Pinterest

Seu signo ascendente e seu ascendente em seu gráfico

Enquanto o Sol simboliza seu eu essencial, o signo Ascendente representa a parte de você que o resto do mundo vê. Seu Signo Ascendente descreve sua personalidade exterior, aparência, visão geral da vida e como você age. Pense nisso como a máscara que você usa quando sai para o mundo!

Suas Emoções: Seu signo lunar e a Lua em seu mapa

A lua misteriosa e em constante mudança governa seu lado feminino: suas emoções, suas necessidades e sua intuição. A posição e os aspectos da Lua ajudam você a entender o que você precisa dos outros e o que o faz se sentir seguro, apoiado e protegido. A Lua funciona em um nível subconsciente; na verdade, você pode não estar tão ciente da influência da Lua em sua vida! Quando você está no “piloto automático”, muito provavelmente está representando as qualidades de sua Lua natal.

Seu Intelecto: mercúrio em seu gráfico

Mercúrio é o planeta de seus processos mentais. O lugar de Mercúrio em seu mapa astrológico dá uma ideia de como sua mente funciona, como você pensa, aprende, recebe e dissemina informações e também como se comunica com os outros. A colocação do sinal de Mercúrio mostra sua atitude geral e hábitos mentais.

Como você ama: vênus em seu mapa

Vênus revela como você se relaciona com os outros, o tipo de pessoa por quem você se sente atraído, o tipo de pessoa que se sente atraída por você e sua maneira única de sentir o amor. Compreender o seu signo de Vênus o ajudará a perceber que tipo de relacionamento interpessoal você precisa para se sentir feliz e realizado. Em um nível mais básico, Vênus também descreve o que lhe dá prazer.

Como você vive a vida: marte em seu mapa

Marte é o primeiro planeta além da Terra no sistema solar. Representa o seu lado independente e ativo, a maneira como você encara a vida fora de seus relacionamentos pessoais. Marte é conhecido como o “planeta da ação” e representa como você se comporta em seu trabalho, quais esportes ou atividades você pratica e como você conduz sua vida diária.

Seus Pontos Fortes: júpiter e seu Meio do Céu em seu mapa

Júpiter tradicionalmente representa boa sorte e sucesso. Olhar para Júpiter em seu mapa astral é uma boa maneira de explorar seus pontos fortes e descobrir que tipo de trabalho você gostaria. Complementando Júpiter, entretanto, está o Meio do Céu. O Meio do Céu é o ponto mais alto em seu mapa, representando suas ambições, carreira, fama e reconhecimento aos olhos do público.

Seus desafios: Saturno e o Nodo Norte em seu mapa

Saturno é considerado uma influência “pesada”, mostrando onde você é testado, as lições e os desafios que você precisa enfrentar para alcançar o sucesso. Saturno mostra onde você pode ir a extremos e expressar uma característica com muita força, e onde você pode deixar de agir por medo ou insegurança. O Nodo Sul da Lua mostra o caminho de menor resistência que você provavelmente encontrará nesta vida. No entanto, seus instintos nessas situações não são necessariamente bons para você. O Nodo Norte da Lua mostra uma direção mais saudável e equilibrada para lidar com o estresse. Usar esse insight o ajudará a abandonar velhos hábitos prejudiciais à saúde e a abraçar uma nova maneira de lidar com os problemas.

Fonte: Reprodução: Pinterest

Como você se encaixa: urano, Netuno e Plutão em seu mapa

Os planetas externos: Urano, Netuno e Plutão, movem-se tão lentamente que permanecem no mesmo signo por vários anos! Como todas as pessoas de sua faixa etária provavelmente terão Urano, Netuno e Plutão nos mesmos signos, eles são chamados de planetas “geracionais”. Em vez de descrever sua vida pessoal, eles revelam influências que afetam toda a sua geração. No entanto, as casas em seu mapa onde residem os planetas externos, determinadas pela sua hora de nascimento, e não pelo ano de seu nascimento, mostram como você pode ir contra a corrente ou ser incomum entre as pessoas de sua idade.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Astrologia

Como surgiu a história da astronomia

A astronomia foi a primeira ciência natural a atingir um alto nível de sofisticação e capacidade preditiva, o que alcançou já na segunda metade do primeiro milênio AC. O sucesso quantitativo inicial da astronomia, em comparação com outras ciências naturais, como física, química, biologia e meteorologia (que também eram cultivadas na antiguidade, mas que não atingiam o mesmo nível de realização), deriva de várias causas. Primeiro, o assunto do início da astronomia tinha a vantagem de estabilidade e simplicidade o Sol, a Lua, os planetas e as estrelas, movendo-se em padrões complexos, com certeza, mas com grande regularidade subjacente. A biologia é muito mais complicada. Em segundo lugar, o assunto era facilmente matematizado e, já na antiguidade grega, a astronomia era frequentemente considerada um ramo da matemática. Isso pode parecer um paradoxo para um leitor moderno, uma vez que as ciências matematizadas são consideradas difíceis. Mas na antiga Babilônia e na Grécia, foi precisamente porque os movimentos dos planetas podiam ser submetidos a tratamento matemático que a astronomia avançou tão rapidamente. Em contraste, a física falhou em obter grandes ganhos até o século 17, quando seu assunto foi finalmente matematizado com sucesso. E terceiro, a astronomia se beneficiou de sua estreita conexão com a religião e a filosofia, que fornecia um valor social que outras ciências simplesmente não podiam igualar.

Fonte: Reprodução: Pinterest

A tradição astronômica é de impressionante duração e continuidade. Algumas observações babilônicas de Vênus foram preservadas desde o início do segundo milênio AC, e os babilônios elevaram sua ciência a um alto nível no século 4 AC. No meio milênio seguinte, o maior progresso foi feito pelos astrônomos gregos, que colocaram sua própria marca no assunto, mas construíram com base no que os babilônios haviam realizado. No início da Idade Média, a principal língua do aprendizado astronômico era o árabe, como o grego havia sido antes. Astrônomos em as terras islâmicas dominaram o que os gregos haviam conquistado e logo aumentaram. Com o renascimento do aprendizado na Europa e o Renascimento europeu, a principal língua da astronomia tornou-se o latim. Os astrônomos europeus se basearam primeiro na astronomia grega, traduzida do árabe, antes de obter acesso direto aos clássicos da ciência grega. Assim, a astronomia moderna faz parte de uma tradição contínua, agora com quase 4.000 anos, que atravessa várias culturas e línguas. Este artigo enfoca essa linha central da história.

Ao fazer isso, infelizmente há pouco espaço para outros ramos fascinantes da história da astronomia. A astronomia do Novo Mundo, por exemplo, desenvolveu-se com total independência, mas não atingiu um nível tão avançado. Na China, a astronomia desenvolveu-se a um nível muito mais alto, mas lá também (apesar dos contatos intermitentes com a astronomia islâmica e indiana e até mesmo uma sugestão fascinante da influência babilônica na contagem chinesa de dias em intervalos de 60 dias) a história é em grande parte separada. Isso mudou com as missões jesuítas dos séculos 16 e 17 à China, que colocaram a astronomia europeia e chinesa em contato direto. Na Índia também a astronomia atingiu um alto nível, envolvendo métodos indianos originais, bem como adaptações indianas dos métodos babilônicos e gregos, frequentemente obtidos por meio de contatos persas. Todos esses ramos da história da astronomia são fascinantes e merecem seu próprio relato, mas não fazem parte do enredo principal deste artigo.

Qual é a diferença entre astronomia e astrologia?

Fonte: Reprodução: Pinterest

Astronomia é uma ciência que estuda tudo fora da atmosfera terrestre, como planetas, estrelas, asteróides, galáxias; e as propriedades e relacionamentos desses corpos celestes. Os astrônomos baseiam seus estudos em pesquisa e observação. A astrologia, por outro lado, é a crença de que o posicionamento das estrelas e planetas afeta a maneira como os eventos ocorrem na Terra. Se você está interessado no sistema solar e nos planetas, outros objetos celestes como asteróides e cometas, outras galáxias e o resto do universo, o que constitui o espaço e a possibilidade de vida alienígena ou viagens espaciais, a astronomia é o seu campo está considerando.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Astrologia