Como fazer Timelapse

Com a câmera já no tripé e preparada, você vai oferecer o disparador e escolher o intervalo de tempo que quer entre os disparos. Parece complicado, mas você só precisa dizer pro disparador que ele deve fazer o click a cada x segundos. Isso vai depende do que exatamente você vai fotografar; por exemplo, vamos fazer as fotos de um nascer do sol.

Não é lá a coisa mais dinâmica! Mas as coisas se manifestam lentamente… Isso significa que você não precisa de um intervalo de disparo tão curto. Eu já fiz usando intervalos de 10 ou 12 segundos entre os disparos, e foi suficiente. Mas se você vai fazer um timelapse de uma esquina agitada talvez seja melhor um disparo por segundo!

Realize testes e veja o que funciona melhor! E se deseja no disparador você pode estipular um número total de clicks. Eu nunca marco um número específico de clicks. Deixo sem número nenhum, e paro quando eu bem entendo!

Dica: Teste várias opções e veja a que maior te agrada! O legal nisso é que não tem uma receita pronta! Fotografe! Experimente! Não se preocupe se não gostar de alguns. Ao contrário, veja o que pode ser aprimorado Montei um vídeo com alguns dos primeiros timelapses que fiz em diferentes lugares. Alguns não ficaram muito legais… Apesar da raiva, tentei ver o que fiz de incorreto pra não repetir na aproxima vez!



O ‘setup’ é o mais importante nessa parte da história! Decidido isso, é só sentar e esperar… Literalmente! Leve um livro e dê umas olhadas no visor de LCD de vez em quando pra se provar que tudo anda bem!  E depois de fazer a série de fotos é hora de partir para a:


verifique de ter feito o passo anterior. É fundamental ter os arquivos nomeados adequadamente, Você pode fazer isso com o Adobe Bridge, que é um software para gerenciamento de arquivos (uma espécie de Windows Explorer só que melhor). Ele é instalado de forma automática quando você instala o Photoshop. E com ele você consegue renomear os arquivos em lote! Outra forma, é importar no Lightroom e exportar com o nome e sequência que você especificar.


No próprio Photoshop você pode dar play e ver como vai ficar o resultado… Se quiser agilizar ou prolongar, é só abrir novamente a foto e escolher outra opção de velocidade!  Aviso: Na primeira vez que der o play no Photoshop você ainda não vai ver o resultado real; o vídeo vai estar mais devagar. Tenha paciência! espere, terminar e dê play outra vez.

Saiba mais: Como utilizar o Timelapse aqui



Dê um nome a sua nova obra, escolha a pasta de trajetória. e SE quiser mude mais alguma coisa. Pronto! Clique em Aplicar Acabamento e aguarde alguns (vários) minutos… Essa parte é um pouco lenta mesmo. E pronto! Um timelapse todo seu, ao sair do forno!


Esse é o vídeo que fiz dos meus primeiros ‘timelapses’, na época com a minha T3i + a 18-135mm. E já dá pra ter uma ideia do que falamos aqui hoje, e do que você pode fazer aí, agora!

E aí, quer aprender e melhorar na figura Finalmente ter o controle sobre a sua câmera e aprender aquilo que faz a diferença pra produzir boas fotos? Entre para nossa turma da Oficina de Fotografia e passe a ter orgulho das fotos que você faz!